Fique por dentro!

De filho para pai

por Marcelo Asmar
Postado em 19 de Julho de 2018

Raridade é quando o amor pela pesca parte do filho até contagiar o pai e ainda o faz participar de uma pescaria incrível no litoral sul da Bahia

Desde 2015, eu e meu pai fazemos todo ano a famosa pescaria entre pai e filho. Entretanto, nossa história com a pesca é um pouco diferente da maioria dos pescadores. No nosso caso, a pescaria não foi passada de pai para filho, meu pai nunca teve muito interesse nem tempo para a prática do esporte, o qual eu tive contato graças a um amigo dele. 

Assim, à medida que fui crescendo, acabei me interessando cada vez mais e a minha paixão só aumentou, o que contribuiu para transformar a pescaria em um assunto constante em nossas conversas. 

Com o intuito de pescar e passar mais tempo com meu pai, passei a convida-lo para viajarmos para diferentes pontos do Brasil e aproveitarmos esse meu interesse para conhecer novos lugares e passar mais tempo juntos. Foi exatamente um desses convites que acabou originando a viagem que me proporcionou a captura de um dos maiores peixes da minha vida, o tão sonhado olho-de-boi.


 
A íntegra desta reportagem você confere na Edição 283 da Pesca & Companhia

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS NOSSAS NOVIDADES!

comentários