Fique por dentro!

A procura de um 60 up

por Pepe Mélega
Postado em 07 de Novembro de 2017

Viajamos até a represa de Três Marias, o "Mar" de Minas Gerais, na tentativa de capturar um tucunaré-azul digno de recorde

O que é ir atrás de um troféu, de um exemplar que é considerado o ápice de sua espécie? Por que eles motivam muitos a viajar para viver a experiência de fisgar, brigar, embarcar, fotografar e devolvê-lo ao habitat?

Essa foi uma experiência que parti com um grande amigo e parceiro, Edson Deconto. Nossa missão: capturar pelo menos um exemplar de tucunaré-azul acima de 60 cm, usando isca de ação junto à superfície. Nosso destino foi o lago de Três Marias em Minas Gerais, junto à barragem da CEMIG em cidade homônima. Juntou-se a nós o excelente guia Jefferson e sua estrutura.

Já tínhamos agendado esse objetivo antes de visitar a cidade durante o 8º Torneio Nacional de Pesca de Três Marias no dia 16/09/2017. O resultado final desse evento colocou uma expectativa ainda maior de conseguiríamos cumprir nosso objetivo. No dia do evento foram apresentados 335 peixes para medição e 10 deles tinham mais de 60 cm, 16 mais do que 55 cm, 19 mais de 50 cm - lembrando que o limite mínimo para medir um peixe durante a competição é de 35 cm. Sem dúvida, tínhamos escolhido o local adequado.

Três semanas depois do evento do Pesca Gerais, com Otávio Vieira e Jaida Machado à frente, estávamos de volta ao grande lago ou “Mar de Minas” como alguns carinhosamente se referem a ele. Tínhamos dois dias para concluir nosso objetivo e as informações de que aquela era uma grande época para o sucesso de nosso intento.

Chegamos, ou melhor, viajamos com chuva e muito vento. Isso resultou na possibilidade de surgir complicações, mas o otimismo continuou forte. O primeiro dia amanheceu com sol forte, poucas nuvens e a promessa de calor. 

O reservatório estava baixo, bem baixo para a época - o período de estiagem está mais forte a cada ano que se passa. Antes de embarcar já percebi que a água estava limpa, como é de costume nessa época, permitindo grande visibilidade, o que se comprovou apósa  navegação segura em um eficiente bass boat até o primeiro ponto a ser explorado.

A íntegra desta reportagem você confere na Edição 275 da Pesca & Companhia

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS NOSSAS NOVIDADES!

comentários