Fique por dentro!

Lago do Peixe: a segunda vez foi ainda melhor

por Alex Koike
Postado em 07 de Março de 2018

Em sua nova viagem a região, editor Alex Koike, encontra os tucunas encardumados e fisga muitos e grandes azuis

Se existe uma legião de pescadores fanáticos é a que curte o tucunaré-azul. Além dos pontos onde eles mais vão pescar por causa da proximidade de suas casas, muitos cruzam as fronteiras dos estados em busca dos melhores lugares.
 
De tempos em tempos esses locais costumam mudar e essa alternância, infelizmente, acontece porque o ponto fica muito  famoso, atraindo a pesca predatória. Um ciclo triste, mas comum.

Porém, tem um lugar persiste em ficar entre os melhores: o Lago do Peixe (TO). A primeira vez a região apareceu foi em uma reportagem de Maicon Bianchi em 2010. De lá para cá outros lugares até apareceram e chegaram a sair desse mapa. 

Uma das explicações para ela continuar no topo do ranking é o fato de estar localizada em um lugar mais afastado, tem condições perfeitas para o desenvolvimento da espécie - que já era nativa da Bacia do Rio Tocantins -, além de ser um muito grande, com cerca de 120 km de extensão.

Hoje, ainda é possível fisgar uma grande quantidade de peixes, sendo que alguns, de grande porte, os famosos 60up – exemplares com tamanho acima de 60 centímetros. 


A íntegra desta reportagem você confere na Edição 279 da Pesca & Companhia 

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS NOSSAS NOVIDADES!

comentários