Fique por dentro!

Três condições para evitar a soltura do peixe

por Redação
Postado em 08 de Maio de 2018

Existem alguns critérios que o pescador deve evitar a soltura

Por mais que seja um defensor da pesca com devolução, existem certos momentos que o pescador precisa evitar a soltura do peixe.  Ainda que seja com “dor no coração”, o adepto deve seguir alguns conselhos para garantir o equilíbrio do esporte e até mesmo não atrapalhar o ciclo da natureza.

Vale lembrar que se a opção for de abater o peixe capturado, o pescador deve sempre respeitar a cota permitida para o local e, sobretudo, os tamanhos mínimos e máximos. Esta tarefa pode ser orientada pelo guia ou pela pousada local. Busque sempre informações para evitar problemas nas fiscalizações.  

1 - Sangramento excessivo em ponto vital: por diversos motivos um peixe capturado pode sangrar bastante. Este é um indício de que ele terá poucas chances de sobreviver. Então, desde que esteja em condições regulamentares (conforme mencionado acima), o ideal é o pescador consumi-lo.

2 - Quando é atacado por piranhas: um peixe que possui nadadeiras deterioradas pelo ataque de piranhas ou ferimentos excessivos devido às mordidas, também pode ter poucas chances de sobrevivência. O pescador deve avaliar as condições e, se for solta-lo, que seja em um ponto distante do local da captura, ou transforma-lo até em isca (desde que respeite os tamanhos) e, por fim, verificar se pode aproveita-lo para consumo. 

3 - Peixe muito exausto: Aqui a questão é a soltura imediata! É fácil identificar quando o exemplar fisgado fica muito desgastado devido a uma longa briga. Neste caso, para evitar que ele se torne presa fácil de seus predadores, como até mesmo um boto em pescarias amazônicas ou no Araguaia, o correto é aguardar a completa recuperação do exemplar e não fazer a soltura imediata. Verifique se ao deixa-lo solto, consegue nadar e tomar um rumo sem dificuldades. Caso boie ou fique parado, é melhor protegê-lo e esperar mais um pouco. Assim, o pescador irá assegurar que o peixe terá condições de se esquivar ou de se defender.

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS NOSSAS NOVIDADES!

comentários