Guia de Pesca

A "Esquina" da pesca fica em Corrientes e lá se fala espanhol

por lielson
Postado em 11 de Setembro de 2013

Cidade argentina permite a pesca variada de diversas espécies esportivas, sobretudo o dourado

Esquina, na Província de Corrientes, está a 615 km ao norte da capital argentina Buenos Aires. Por ali é possível notar um âmbito clássico do Rio Paraná, com bancos de areia, diversos afluentes e rios tributários, onde convivem diversas espécies predadoras, como o dourado, e os forrageiros, como o pacu e a piapara. Nas partes mais baixas e nos banhados que inundam uma imensa área alagada vivem os curimbas, a presa favorita do dourado e do surubim, os grandes predadores da água doce. Eles ficam posicionados estrategicamente, nas saídas das lagoas, em locais de corredeiras, esperando o momento de atacar. Se não conseguem, não tem problema, a região tem fartura de peixes e em algum ponto não muito distante dali irão se dar bem. Nas águas interiores, como as do Rio Corrientes, propõem um cenário ideal para tentar fisgar as feras douradas com iscas artificiais (e o fly claro). Qualquer espécie pode virar caçadora das iscas. Os bagres e outras espécies de valor esportivo estão sempre ativas. Os dourados de cerca de 10 kg costumam dar as caras para quem é mais insistente. A transparência das águas que o Corrientes joga no Paranazão acaba facilitando o trabalho das artificiais. Por isso a região de Esquina é um verdadeiro paraíso para os pescadores, já que se conjugam condições únicas se comparadas a qualquer outra parte do planeta. Os pesqueiros são muito extensos e para quem vai pela primeira vez (e na base da curiosidade) se vê obrigado a contratar um guia. Caso contrário, vai acabar se perdendo naquela imensidão alagada. As condições de navegabilidade, inclusive, vão se alternando de acordo com o dia, o que pode possibilitar graves acidentes. A escolha da artificial deve se dar de acordo com as condições da água, sua transparência, sua velocidade, a temperatura e etc. A pesca, na verdade, pode ser feita de acordo com a vontade do pescador: corrico, baitcasting, fly, “golpe” e até espera. Porém, para conseguir boas capturas, todas devem ser feitas embarcadas pelo menos até um ponto mais distante da cidade. Os pescadores locais sugerem pescar com “morenas” ou "mamachas" (tuviras) à deriva ou com técnica do "golpe", a qual é possível aprender rapidamente.
Onde ficar? Matute Pesca Telefone: Ventura Tur no Brasil: (46) 9109-3643 Dorados com Mosca Telefone: (54) 3777-462063 Esquina Pesca Telefone: (54) 1162-711043 Estancia Buena Vista Telefone: (54) 3777-460169 Posada Hambaré Telefone: (54) 3777-460270 Posada del Muelle Telefone: (54) 3777-461737

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS NOSSAS NOVIDADES!

comentários