Fique por dentro!

Proteção do dourado no Paraná pode durar 8 anos

por Lielson Tiozzo
Postado em 19 de Junho de 2017

Projeto de lei similar ao de Mato Grosso do Sul fui encaminhado em Curitiba

Um projeto de lei que prevê a proibição da pesca do dourado por oito anos no Paraná foi apresentado na Assembleia Legislativa Estadual na semana passada. O autor da proposta, o deputado estadual Luiz Carlos Martins (PSD), quer apenas a liberação do pesque-e-solte.

No entender do deputado, Mato Grosso do Sul ia dar um passo à frente caso conseguisse a proteção da espécie. Os estados compartilham o Rio Paraná e isso implicaria em dificuldades na fiscalização e permitiria que pescadores viessem para o Paraná a fim de abater a espécie, já que no Estado vizinho não seria permitido.

“Os cardumes de dourado estão diminuindo, mas não podemos perder turistas para Mato Grosso do Sul. Se deixarmos a pesca liberada, os pescadores que praticam a pesca predatória podem vir para cá e colocar a espécie em risco de extinção no Paraná”, afirma Martins.

No entanto, vale lembrar que Mato Grosso do Sul rechaçou o projeto de proteção do dourado.

Segundo o parlamentar, a medida não irá implicar na pesca profissional porque “no Paraná existem diversas espécies de interesse comercial”.  

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS NOSSAS NOVIDADES!

comentários