Fique por dentro!

Mulher sabota e perde título de campeonato de pesca ao surubim

por Redação
Postado em 10 de Julho de 2018

Organização investiga e descobre que exemplar usado para conseguir a maior pontuação havia sido capturado nos dias anteriores

A ganhadora do XXII Concurso de Pesca ao Surubim, em Ituzaingó (ARG), acabou desclassificada junto com seu grupo por ter supostamente apresentado um exemplar capturado anteriormente. A organização do torneio acabou premiando o segundo colocado, que havia pescado um surubim de 118 cm, contra os 142 cm do “fraudador”.

Segundo o site Misiones Online, havia 306 embarcações participando da competição que se deu no último fim de semana, no Rio Paraná, no nordeste argentino. O evento é tradicional na região do país e conta com pomposa premiação.

O anúncio que surpreendeu a todos se deu durante o jantar de encerramento.  O prefeito da cidade, Eduarno Burna, pediu a palavra e informou que a pescadora Andrea Meabrio, a qual fazia parte de um grupo com outros dois pescadores, tinha apresentado um exemplar com sinais de sofrimento e com marcas de ter passado diversas horas amarrado pelo rabo. Isto indicaria que ele havia sido pescado antes da competição e permanecido em algum local desconhecido. 

“Antes mesmo de ser devolvido à água, o peixe apresentava muita fraqueza, algo incompatível com o regulamento do torneio que exigia a imediata soltura do exemplar medido”, informou o mandatário, para delírio dos participantes.

Nas redes sociais é possível ver o suposto exemplar (clique aqui). Ele mal consegue nadar. 

“Decidimos desclassificar não só a pescadora, mas também todo o grupo de pescadores que fez esta trapaça. Tomamos esta decisão como algo que vai além de premiar ou não. Isso tem a ver com os valores e o compromisso. Esta festa não vai ter a sua história manchada”, decretou o Burna. 

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS NOSSAS NOVIDADES!

comentários