Pepe Mélega



PERFIL PEPE MÉLEGA

Quem é seu ídolo?
Na vida, meu pai, Luiz Mélega, sempre um exemplo, apesar de não fotografar nem pescar. Na pesca é o Gugu - Gustavo dos Reis Filho, com quem aprendi muito. Respeito-o, pois é um excelente companheiro de pesca. Na fotografia tenho muitas referências, mas ídolo mesmo é o Pedro Martinelli pelo que fez, faz e pela sua militância a favor de nosso meio ambiente.



Não há nada melhor que...
Pescar e fotografar ou vice-versa. Sou apaixonado pelo que faço

Tem alguma dica cultural de pesca?
Pescar, principalmente com isca artificiais e observar o que acontece na natureza, para saber reproduzir e ter sucesso.

Qual é o seu livro predileto?
Pode mudar, mas o que mexeu e reforçou meu espírito livre foi Fernão Capelo Gaivota, de Richard Bach.

Por que recomendaria esse livro para os pescadores?
Pela persistência e por mudar conceitos além da liberdade. Nas entrelinhas estão mensagens que procuramos dentro de nós.

Tem alguma mania enquanto pesca?
Tenho uma, que é observar e procurar o mais complicado; adoro!

Quais são as suas iscas artificiais “pegadeiras”?
Junping Minnow (Rebel) , Super Pop (Moro), Stick 90 (Deconto), Shad Rap (Rapala), Biruta 90 (Deconto)

Tem alguma coisa que você ainda quer aprender na pesca?
Muitas coisas, pois há muito ainda a aprender; sei pouco, creio que o que conheço talvez chegue a uns 40%. Quero experimentar mais e conversar com muitos pescadores para aprender com eles o que sabem!

Qual lugar você sugere para o leitor ir?
Rio Roosevelt, Mato Grosso/Amazônia. Acredito que seja o local que mais me surpreendeu até o momento. Variedade de pesca e de situações de pesca, natureza sem igual, hospedagem fantástica e um lugar que tem história. A Pousada Rio Roosevelt está no mesmo lugar - como consta no livro Rio da Duvida. Foi lá que o Marechal Rondon e o Presidente Theodore Roosevelt , que é o autor do livro, acamparam por um período quando da expedição para reconhecimento da região.

E a qual lugar você ainda não foi, mas a que pretende ir?
Tenho muito a conhecer e entre eles há o Rio Jurena, que ficou marcado em minha memória por conta de reportagens na Pesca & Companhia.

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS NOSSAS NOVIDADES!