Fique por dentro!

Sem Licença de Pesca e fora da cota? Multa de até R$ 100 mil

por Lielson Tiozzo
Postado em 14 de Junho de 2017

Polícia Militar Ambiental faz advertências à quem não respeitar as leis em Mato Grosso do Sul

Quem pescar em Mato Grosso do Sul e desrespeitar a cota de pescados durante o Feriado de Corpus Christi pode levar uma multa de R$ 100 mil, mais R$ 20 por quilo de pescado irregular. Além disso, sofrerá um processo por crime ambiental e pode pegar de um a três anos de prisão.  

É o que informa a Polícia Militar Ambiental do Estado, que desde às 7h desta quarta-feira, 14, começou a Operação Corpus Christi. São 270 agentes em ação nos rios e em pontos estratégicos para combater a pesca predatória, a caça ilegal e a depredação. As 25 subunidades estarão de prontidão. 

Outro ponto importante é quanto à Licença de Pesca. Muitos pescadores não conseguem emitir o documento do Ministério do Meio Ambiente, mas os policiais locais irão exigir a Licença Estadual.  Este documento tem a opção de preço a partir de meia UFERMs R$ 12,33, para a pesca mensal desembarcada. A carteira pode ser retirada no site do IMASUL (clique aqui).

O caso de captura de pescado em tamanho inferior ao permitido, com petrechos proibidos, em local proibido (a menos de 200 metros cachoeiras e corredeiras e em rios onde a pesca não é permitida) e em quantidade superior à permitida (acima de 10 kg + um exemplar e cinco exemplares de piranha) é crime e infração administrativa.

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS NOSSAS NOVIDADES!

comentários