Fique por dentro!

Por que 29 de junho é Dia do Pescador?

por Redação
Postado em 29 de Junho de 2018

A explicação é ligada à religião cristã e tem forte crença católica

Por que 29 de junho é Dia do Pescador? A explicação é religiosa. Nesta mesma data litúrgica é comemorada para os cristãos o Dia de São Pedro, considerado o fundador da Igreja Católica e também o primeiro Papa. Foi entregue a ele por Jesus Cristo a incumbência de reunir os fiéis depois da morte e por isso acabou promovido ao status de “pescador de homens”. 

São Pedro possuía outro nome: Simão, um pescador que tinha como sócio seu irmão André. Eles possuíam uma frota de barcos em Cafarnaum, uma antiga vila ligada ao Império Romano. 

Segundo a Bíblia, no Evangelho de Lucas, Simão conheceu Jesus Cristo durante uma passagem que é conhecida como “Pesca Milagrosa”.  Jesus havia pedido a Simão um barco emprestado para que pudesse pregar às pessoas que estavam próximas do Mar da Galiléia. 

Em seguida, Jesus pediu para que Simão e seus amigos lançassem as redes ao mar. Os pescadores estavam desconfiados, uma vez que haviam passado por um dia difícil e não haviam capturado nada. 

No entanto, depois que atenderam ao pedido, conseguiram uma fartura de peixes nunca antes vista. 

Crente no milagre, Simão passou a ser um dos 12 discípulos de Jesus, mas agora com o nome de Pedro. "Não temas; de ora em diante serás pescador de homens”, disse Cristo a Pedro.

Naquele mesmo episódio outros pescadores abriram mão de tudo e  passaram a seguir Jesus: Tiago e João.  

Pedro também foi um dos testemunhas da ressureição de Jesus e, para os católicos, é também o Santo que “faz chover”, devido a outras passagens bíblicas. 

Vale lembrar que a Lei nº 12.068, de outubro de 2009, sancionada pelo ex-vice presidente José de Alencar, estabeleceu o dia 29 de junho como "Dia do Pescador Amador".  

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS NOSSAS NOVIDADES!

comentários