Produtos e Avaliações

Testamos: Nova Carretilha Sole 150H

por Pepe Mélega
Postado em 17 de Abril de 2017

O que era bom ganhou uma versão ainda melhor e sem frescuras. A nova carretilhla continua excelente, com preço muito bom e atendendo aos pescadores

A nova versão da Carretilha Sole 150 H, da Saint, impressiona na primeira vez que olhamos para ela. Sua nova pintura, um cinza escuro e opaco, a diferencia de forma imponente e a muito bonita. 

Um detalhe que ajudou a fazer o sucesso de sua versão anterior e que foi mantida é o chassi (corpo) de duralumínio, que não torce quando submetido ao esforço durante a briga com exemplares de bom porte. Ela recebeu as tampas laterais de grafite, que ajudam a manter o conjunto leve. Um detalhe muito interessante foi a diminuição do peso. A versão anterior já era considerada leve por mim, 185 g conforme o fabricante, nesse upgrade ela ficou 10 g mais leve e pesou 174 g.

Onde está a perda de peso? O carretel perdeu 2 g, mas continua com inércia boa - o que já vimos em outras marcas ser negativo (a simples redução de peso no carretel), pois se perde o controle de velocidade do carretel que não é acompanhada pela liberação que o guia fio comporta. 

O resultado? Cabeleiras e cabeleiras que para evita-las obriga o aberto da sintonia fina de forma a não só evitar a ausência de folga no carretel, mas apertando-o como artificio para reduzir a velocidade desse. Ganho para a Saint que soube dimensionar peso pensando no desempenho e não para agradar ao markentig. Outras 8 g foram perdidas no restante do corpo, peças mais leves sem comprometer a durabilidade e ou resistência do chassis funcionaram de forma positiva.

Para os testes, abasteci a nova Sole com linha multi de 30 lb, chegando ao peso de 184 g, o que é muito bom, pois temos um conjunto formado com cerca de 300 g, excelente para um dia de pesca em que chegamos a fazer mais de 600 arremessos.

Componentes
A carretilha recebeu novamente os seis rolamento de aço inox e um rolete, responsável pelo anti-reverso instantâneo, que é muito bom. O recolhimento de 7.2:1 foi mantido, mas teria sido interessante que ela tivesse um segunda versão, mais rápida, que seria muito útil em algumas pescarias.

A nova manivela ficou ligeiramente mais longa. Ela passou a medir 95 mm, contra 85mm do modelo anterior e com manoplas confeccionadas em EVA, que proporcionam um pegada mais segura e macia.

É bastante confortável ao segurá-la, bastante ergonômica para arremessar, trabalhar e brigar com o peixe. 

Na hora do arremesso, ao utilizar pesos entre 5 e 7 g ela se comporta de forma muito adequada. Com iscas mais pesadas de 9 a 12 g ela trabalha melhor ainda. A performance é excelente e é porporcionada pelo freio centrífugo de seis pontos de contato. Durante os testes realizados usei dois e posteriormente reduzi para um, e não notei nenhum desequilíbrio do conjunto. 

A fricção (freio para liberação de linha) ganhou suavidade, está mais macio e continua eficaz. Isso é possível por duas alterações. A primeira em sem sistema multi disco, sendo que um deles passa a ser de carbono. Já a segunda mudança está no disco de contato, que ficou com o formato cônico, diminuindo um pouco a área em que atua, o que ajuda a diminuir os conhecidos “soquinhos” tão arriscados e desagradáveis que podem comprometer o embarque de suas capturas.

Se repetir na pratica, cumprir suas funções com perfeição de sua antecessora, vocês terão a disponibilidade uma excelente carretilha por preço justo que é durável e está mais bonita.

Ficha técnica:
Sole 150H

Rolamentos: 6 +1
Recolhimento: 7,2:1
Peso: 175 g 
Capacidade: 0,28mm/120m 
Drag Máximo: 5 kg (conforme o fabricante)
Preço médio no varejo: R$ 455

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS NOSSAS NOVIDADES!

comentários