Fique por dentro!

Sea-Doo Fish Pro marca revolução na pesca

por Redação
Postado em 26 de Novembro de 2018

Depois dos caiaques e pranchas de stand up paddle, a moto aquática tem sido cada vez mais integrada às pescarias norte-americanas – seria o prenúncio de uma nova febre mundial? Descubra, agora, quais são as vantagens e desvantagens deste tipo de embarcação para a pesca esportiva

Pescar é sempre um prazer, seja a pé, seja embarcado. O pescador que opta por esta última modalidade tem à disposição uma série de embarcações, de lanchas e barcos de alumínio até caiaques e pranchas de stand up paddle. 

A moto aquática, outrora mais usada em passeios descompromissados ou como utilitário, tem sido cada vez mais integrada às pescarias norte-americanas e australianos – possível prenúncio de uma febre mundial. A coisa é de tal modo séria que a Sea-Doo – pertencente à gigante canadense BRP – anunciou o lançamento do Fish Pro, um modelo projetado especificamente para a prática da pesca esportiva.
Vantagens e desvantagens

Mas, quais as vantagens e desvantagens de usar uma moto aquática em uma pescaria? A mais evidente delas diz respeito ao deslocamento e à manobrabilidade. Com o jet, você chega ao ponto desejado mais rápido, tornando a pescaria muito mais produtiva. 

Outro fator a se considerar é o calado da embarcação (a designação dada à profundidade em que se encontra o ponto mais baixo da quilha de um barco em relação à linha d’água): como o do jet é menor que o de uma lancha de pesca, por exemplo, é possível chegar a pontos de outra forma inacessíveis, como lugares mais rasos ou braços de rio mais estreitos.

A transportabilidade da moto aquática também é um ponto positivo. Graças às suas dimensões, a embarcação pode ser facilmente rebocada sobre uma carreta e armazenada em uma garagem, por exemplo, eliminando, assim, a necessidade – e os custos – de uma marina.  

O preço não é exatamente uma vantagem, já que, com o dinheiro investido em uma boa moto aquática, é possível adquirir outros tipos de embarcação. Tudo depende do objetivo do pescador. Vale lembrar que o jet é um meio de transporte aquátivo versátil: você pode usá-lo como utilitário ou para passeios com a família ou amigos, por exemplo. 

Sea-Doo Fish Pro

Em setembro último, durante convenção nos EUA, a Sea-Doo anunciou o lançamento do modelo Fish Pro para 2019 – incluindo no Brasil. 

A moto aquática oferece uma longa lista de características que inovam a experiência da pesca. Entre elas, estão o cooler removível LinQ, o sonar Garmin (recurso essencial para encontrar rotas e cardumes), o assento projetado para fácil movimentação, os apoios de pés Gunwale – que aprimoram a estabilidade eo conforto – e o modo “trolling”, ou corrico, para os momentos de pescaria. 

O lançamento tem como base de fabricação o consagrado modelo Sea-Doo GTX 155, já com a nova plataforma que revolucionou o segmento de motos aquáticas em 2018. O conceito valoriza o aproveitamento total do espaço e o menor peso das embarcações, oferecendo um casco mais largo e estável. 

Ficou curioso? Veja o vídeo do modelo em ação:

Ficha técnica:

Sea-Doo Fish Pro
Dimensões
Comprimento (ponta a ponta) 373,4 cm
Largura: 125,5 cm
Altura: 114 cm
Peso: 389 kg
Motorização
Motor: Rotax 1503 NA
Sistema de admissão: aspirado
Cilindrada: 1.494 cc

Capacidade
Capacidade de passageiros: 3
Capacidade de peso: 272 kg
Capacidade de combustível: 70 l
Capacidade de armazenamento total: 153,5 l 

1 – Sonar multifuncional e Fish Finder Garmin ECHOMAP Plus 62cv com transdutor de casco embutido.

2 – Projetado para facilitar a passagem da posição de pilotagem para pesca. Otimizado para pesca em posição lateral, com estabilidade lateral otimizada quando combinado com os apoios para os pés.

3 – Dois grupos de pontos de fixação LinQ proporcionando maior número de recursos a serem adicionados, como caixa térmica, compartimento extra de combustível ou bolsa de carga, para um aproveitar melhor uma longa jornada de pesca.

4 – Uma robusta caixa térmica de 51 l (13,5 US gal.) especialmente projetada para pesca com superfície de trabalho rebaixada, quatro inovadores apoios para varas, encaixes para carretilhas, armazenagem de tralhas e iscas e sistema de trava rápida.

5 – Proporciona mais espaço para pesca e reembarque, além de melhorar a estabilidade em repouso ou quando tiver um grande carregamento de peixes.

 

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS NOSSAS NOVIDADES!

comentários