Guia de Pesca

Pousada Rio Suiá-Miçu: destino certo para trairões

por Redação
Postado em 10 de Setembro de 2018

Com excelente estrutura e guias especializados, local é o mais indicado para a pescaria da espécie

Quem está disposto a fazer uma pescaria de fortes trairões tem um destino certo: a Pousada Rio Suiá-Miçu, instalada no lendário rio cravado no centro-oeste brasileiro. 

A pousada conta 12 quartos com duas camas, ar condicionado, mini bar, banheiro privativo no quarto, água quente e fria. Oferece de material de pesca que é recomendado e necessário conforme cada tipo de pescaria a ser realizada.  Os barcos especializados para pesca em rios e lagos que oferecem conforto e segurança de navegação. Eles são feitos em alumínio, no tamanho de 5,20 e 6,00 m, equipados com motor.

A capacidade é de dois pescadores mais o guia de pesca que, segundo a pousada, “são pessoas simples, mas muito prestativos, preparados para auxiliar o pescador, com conhecimento de técnicas específicas

Outra opção é ir de avião (ida e volta), até Brasília ou Goiânia. As passagens para estas ara cada desafio desejado, assim como são conhecedores dos principais pontos de pesca do rio e lagos da região”.

Como chegar:
A Pousada Rio Suiá Miçu está localizada no norte do Mato Grosso, próximo ao Parque Nacional do Xingu, no município de Querência.

Terrestre - de Barra do Garça/MT, basta seguir para Querência, passando por Nova Xavantina, Água Boa, Ribeirão Cascalheiras. Após Ribeirão Cascalheiras entrar à esquerda no trevo para Querência que está a 60 km. O percurso até Querência é asfaltado. De lá até a pousada são mais 175 km de estrada de terra, que geralmente esta em bom estado de conservação, por ser rota de soja.

Rodo-aéreo - cidades costumam ser muito baratas nos finais de semana. A partir de uma destas cidades, seguir em carro alugado. De Brasília até Querência são 962 Km e de Goiânia 840 Km.

Aéreo: Para chegar à Pousada via aérea, a melhor maneira é ir para SINOP, umas das maiores cidades do Mato Grosso, conhecida como a “Capital do Nortão”.

Dicas para pescar os fortes trairões: 

1 - Não subestime os trairões, muito fortes e espertos, por serem moradores das locas, pedreiras e pauleiras, use um material um pouco mais reforçado, linha mais forte e um bom líder de fluorcarbono ou nylon são essenciais;

2 - Procure pescar pela manhã no lado que pega o sol, e a tarde mude a estratégia para a sombra;

3 - Busque as pedreiras e entradas de baías e afluentes, são sempre ótimos pontos de ataque;

4 - Dentro dos lagos é preciso acertar em cheio os arremessos, geralmente no “buraquinho” da pauleira. Sem a precisão, suas chances diminuem;

5 - Quando reparar que o comportamento do peixe está mais manhoso, não deixe de tentar usar iscas de fundo, jigs, cranks e spiner baits com trabalho extremamente lento, fazendo a isca roçar nas pedras e no fundo.

6 - Os afluentes , Paranaíba e Águas Claras não podem deixar de estar em seu roteiro, além de uma beleza estonteante,você poderá ser surpreendido com a quantidade de trairões;

7 - Ao usar iscas naturais, ponha um cabo de aço, evite deixar anzol na boca dos peixes;

8 - Converse e planeje junto com seu piloteiro as formas com que você pretende pescar, o conhecimento local dele vai ajudá-lo muito;

9 - Abuse das zaras na sua tralha, essa em geral é a isca de superfície preferida pelos dentuços;

10 - Se você possui um espírito aventureiro, e uma certa resistência física, não irá arrepender-se de ir até lagos fechados, o esforço certamente lhe trará grandes recompensas.

Onde: Querência (MT)
Site: www.suiamicu.com
Telefones: (31) 3261-6853/ 98634-2935

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS NOSSAS NOVIDADES!

comentários